Segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Viver é um rasgar-se e um remendar-se.

"Para você ser feliz, curta o lance de viver.

O dia é luz propícia a quem ama, é fruto madurando, à espera de bocas sedentas e famintas.

Viver é assumir, sem medo, o exercício do perigo.

É não kamikaze sem causa, e sem motivo.

Viver é luz alquímica, que faz da espera esperança, e faz da solidão solidariedade.

Para você ser feliz, é só ser: o corpo é dínamo de nervos, sal do milagre, e semente de um mistério infinito.

Para você ser feliz, é só curtir, sem medo, o perigo de estar vivo – e não ser, para si mesmo, o seu feroz inimigo."

 

/Rossio

 

Publicado por Alexandra Rosa às 16:15

link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Favorito
Segunda-feira, 31 de Março de 2014

Viver é...

"Viver é uma peripécia. Um dever, um afazer, um prazer, um susto, uma cambalhota. Entre o ânimo e o desânimo, um entusiasmo ora doce, ora dinâmico e agressivo. 
Viver não é cumprir nenhum destino, não é ser empurrado ou rasteirado pela sorte. Ou pelo azar. Ou por Deus, que também tem a sua vida. Viver é ter fome. Fome de tudo. De aventura e de amor, de sucesso e de comemoração de cada um dos dias que se podem partilhar com os outros. Viver é não estar quieto, nem conformado, nem ficar ansiosamente à espera. 
Viver é romper, rasgar, repetir com criatividade. A vida não é fácil, nem justa, e não dá para a comparar a nossa com a de ninguém. De um dia para o outro ela muda, muda-nos, faz-nos ver e sentir o que não víamos nem sentíamos antes e, possivelmente, o que não veremos nem sentiremos mais tarde.
Viver é observar, fixar, transformar. Experimentar mudanças. E ensinar, acompanhar, aprendendo sempre. A vida é uma sala de aula onde todos somos professores, onde todos somos alunos. Viver é sempre uma ocasião especial. Uma dádiva de nós para nós mesmos. Os milagres que nos acontecem têm sempre uma impressão digital. A vida é um espaço e um tempo maravilhosos mas não se contenta com a contemplação. Ela exige reflexão. E exige soluções. 
A vida é exigente porque é generosa. É dura porque é terna. É amarga porque é doce. É ela que nos coloca as perguntas, cabendo-nos a nós encontrar as respostas. Mas nada disso é um jogo. A vida é a mais séria das coisas divertidas."
Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum' /Rossio

 

Publicado por Alexandra Rosa às 14:57

link do post | Comentar | Favorito
Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014

A loucura é acreditar que vale a pena

"Sentou-se na esplanada, perna cruzada, e esperou que o tempo passasse. Sabia que a vida se resumia, por vezes, a isso: o tempo a passar, entre uma garrafa de cerveja e o vento a correr sobre o rosto. A loucura é acreditar que vale a pena. Recordou as férias, a praia, as correrias e os suores. E a pele dela. Ah, a pele dela. A loucura é acreditar que vale a pena. Fechou os olhos e foi lá, exactamente lá, ao momento e ao lugar da pele dela. Às pernas tocadas por baixo das mesas, aos braços roçados por cima das mesas. E aos lábios que se beijavam a cada vez que se falavam. Ah, a pele dela. A pele dela sempre por descobrir. A loucura é acreditar que vale a pena. Toda a pele por descobrir. Ah, o riso dela. Aquela forma de encher a vida com um simples som. Fechou os olhos e acreditou que era agora o tempo do riso, que era agora o tempo da loucura.

A loucura é acreditar que vale a pena. E vale." 

Pedro Chagas Freitas

/Praça do Rossio

 

Publicado por Alexandra Rosa às 11:26

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Favorito
Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

Mil anos

"O coração acelerado

Cores e promessas

Como ser corajoso

Como posso amar quando tenho medo de me apaixonar

Mas ao ver você na solidão

Toda a minha dúvida de repente se vai de alguma maneira


Um passo mais perto


Eu morri todos os dias esperando você

Amor, não tenha medo

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil


O tempo fica parado

Há beleza em tudo que ela é

Terei coragem

Não deixarei nada levar embora

O que está na minha frente

Cada suspiro

Cada momento trouxe a isso


Um passo mais perto


Eu morri todos os dias esperando você

Amor, não tenha medo

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil


O tempo todo eu acreditei que te encontraria

O tempo trouxe o seu coração ao meu

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil


Um passo mais perto

Um passo mais perto


Eu morri todos os dias esperando você

Amor, não tenha medo

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil


O tempo todo eu acreditei que te encontraria

O tempo trouxe o seu coração ao meu

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil"

A Thousand Years - Christina Perri

 

/Praça do Rossio - Lisboa

Sou:
Música: A Thousand Years - Christina Perri
Publicado por Alexandra Rosa às 10:40

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Favorito

.Quem sou eu?

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimas

. Viver é um rasgar-se e um...

. Viver é...

. A loucura é acreditar que...

. Mil anos

.Na gaveta

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

.tags

. todas as tags

.Adoro!

. Alentejanas e Amorosas

. Tampografia

. Crepúsculo, o rio, a cida...

. O Segredo das Mulheres - ...

. Frases do Facebook - Se ...

. Concurso Sony

. Pequenina

. Os sem abrigo

. Thoughts rushing in #22

. Haverá luz ao fundo do tú...

.Encontra aqui

 

.subscrever feeds